Páginas

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Lá em Três Palmeiras

Olá povo!

Hoje vou inaugurar um marcador novo, chamado "Aconteceu". Assim, apesar de eu e a Sassá AMARMOS esmaltes, a vida não é só isso né? Eu sou uma que sinto falta de contar as peripécias vividas por aí, de vez em quando faço isso, então esse marcador é pra esses momentos, quando a gente quiser compartilhar as coisas DA VIDA!!

Vambora então. Semana passada, quando começaram oficialmente as minhas férias, mamãe e eu fomos à Três Palmeiras. Aí pergunta, o que diabos tem e se faz em Três Palmeiras? Nada.


Quer dizer, pra maioria das pessoas tem nada. Pra mim tem muito. Lá moraram meus avós maternos, e ainda moram dois tios e alguns primos. Lá passei boa parte das minhas férias de infância, e começo da adolescência, no meio do barro, andando de carroça, dando milho pras galinhas e acompanhando a Nonna na hora de dar pasto pras vacas. Sim, foi uma infância rural, indo atrás das galinhas que cantavam pra buscar o ovo quentinho, tomando leite recém tirado da vaca, subindo nas árvores pra comer frutas e morrendo de medo de lobisomem e de achar a trilha do saci (diziam os adultos, na época, que se a gente pisasse na trilha do saci nunca mais saía e ia se perder nos capoeirões).
Tá mas e agora??
Agora teve o encontro da família Celuppi!! \o/


Foi muito bom voltar lá, reencontrar tios e primos. Família reunida, ainda mais italiana, é sempre barraco, confusão e gritaria. Barraco não teve (ufa!) mas confusão e gritaria... ahhh, faz parte!
A cidade cresceu um pouco (tem 8000 habitantes com um certo esforço) mas continua a típica cidade de interior, que dá pra estacionar o carro na avenida principal e não trancar. Aliás, até com os vidros abertos, porque de dia ninguém vai tentar roubar.


Tem uma praça, uma Igreja, e agora tem até uma avenida secundária (com calçada!!). Ainda não tem semáforo...
É um lugar que o silêncio fala alto à noite. De doer os ouvidos de alguém acostumada ao zunzum da cidade como eu.






Tem a culinária familiar que A-CA-BOU com qualquer dieta que eu viesse tentando manter. Além das massas, tinha carnes, vinho doce (é o vinho no começo da fermentação, ainda sem álcool), frutas, biscoitos, cucas... affe!









Amore mio!!
Ainda tem gente que produz vinho no porão de casa, coisa que meu avô fazia quando vivo. Aliás, tem uma vinícola - Antônio Dias- que foi onde a festa da família foi realizada, e graças a isso a região do Alto Uruguai foi finalmente reconhecida como uma região vitivinicultora do estado.
A cidade só tem um hotel, que pasmem, não oferecia café da manhã... Claro que isso virou motivo de gozação com os tios que se hospedaram lá. Espero que melhore daqui um tempo, ainda mais que o hotel é do prefeito da cidade...



Bom, só completando a informação, a cidade fica na região de Frederico Westphalen, à aproximadamente 360km de Porto Alegre. Pra chegar lá a gente pega a BR-386 e esquece da vida. Uma hora você chega.
Mais umas fotos que bati lá!





E é claro que quando eu vi as unhas da priminha Giovanna, eu não resisti e tive que bater uma foto pra postar no blog!! Criança mais linda e vaidosa não há!!



Bem, era isso. O que acharam do passeio? Conta lá nos comentários!!
Beijos


6 comentários:

  1. Oi lindona,adorei o post e a novidade. Não tenho conseguido postar pq tenho acoompnhado as novidades pelo celular,aqui no litoral a internet não é lá essas coisa para escrever pelo celular ta bem complicado'mas assim que voltar para Porto coloco tudo em dia. Bjo

    ResponderExcluir
  2. Oi lindona,adorei o post e a novidade. Não tenho conseguido postar pq tenho acoompnhado as novidades pelo celular,aqui no litoral a internet não é lá essas coisa para escrever pelo celular ta bem complicado'mas assim que voltar para Porto coloco tudo em dia. Bjo

    ResponderExcluir
  3. Oi,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabêns por seu cantinho e muito sucesso aqui!

    Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir também,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

    http://umamulherbemvestida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi gurias do blog! Eu sou a Mariana, conheci a Sassá na escola das nossas filhotas... E conversa vai, e conversa vem, descobrimos algo em comum: a paixão pelos esmaltes, os blogs. Enfim, foi ótimo pra mim conhecer vc, e espero que a gente possa nos reunir mais vezes em feiras e encontrinhos. Se quiserem podem visitar meu blog, porém eu não estou postando nada lá há um bom tempo! Foi um prazer conhecer vc, e o blog está lindo! Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Olá encontrei teu blog sem querer, procurando imagens de Três Palmeiras mas gostei de duas coisas, falou da parte que ninguem conhece de Três Palmeiras(Sou de Três Palmeiras), e segundo ao que indica vc é de origem italiana, então não deixe de conhecer meu blog italiano.Sou radialista, faço programa normal de variados generos musicais e no sabado faço programa italiano.Eu e minha esposa somos radialistas na Rádio Navegantes de Ronda Alta.
    Jaciano Ecker.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Jaciano!
      Que bom que gostou do post! E sim, sou de origem italiana, grazie Dio!!
      Vou olhar teu blog, com certeza!
      Mas Três Palmeiras é uma cidade que mora no meu coração, com certeza, tenho muitas boas lembranças de lá.

      Abração

      Excluir

Olá, esse espaço é pra você dizer o que achou, elogios, críticas, comentários, são bem-vindos. Fique a vontade!
Só não use palavras de baixo calão.
Esse espaço é para comentários dos leitores, não para fazer propaganda de produtos a venda. Mas fique a vontade para mandar o material para o e-mail do blog.
Os comentários postados pelos leitores não refletem as opiniões das autoras do blog.